Blog Mobility todas
BLOG232432432423432423423432423432432432432432432 Roteiros França

01 de novembro de 2018

Roteiro | França: Provence e Côte d’Azur

Esta viagem de sabores e paisagens inesquecíveis começa por Lyon e chega ao Mediterrâneo, passando pela Provence, seus campos coloridos e seus pratos perfumados. Depois, segue por algumas das praias mais sofisticadas do mundo, as da Côte d’Azur, encerrando no principado de Mônaco. Acesse a Mobility e verifique as melhores opções para dirigir essa experiência!

Esta viagem de sabores e paisagens inesquecíveis começa por Lyon e chega ao Mediterrâneo, passando pela Provence, seus campos coloridos e seus pratos perfumados. Depois, segue por algumas das praias mais sofisticadas do mundo, as da Côte d’Azur, encerrando no principado de Mônaco. Acesse a Mobility e verifique as melhores opções para dirigir essa experiência!

Dia 1 Lyon / Nîmes / Montpellier – 302 km
Aluguel de carro Lyon / Nîmes / Montpellier - 302 km
Lyon não fica na Provence, muito menos na Côte d Azur – sua região é o Rhone-Alps. Mas a cidade não poderia ser melhor porta de entrada para essa viagem. Considerada por muitos a atual capital gastronômica da França, Lyon é circundada por restaurantes famosos, entre eles quatro de chefs com três estrelas do Guia Michelin (são eles Paul Bocuse, próximo a Lyon; Marc Veyrat, próximo a Annecy; Georges Blanc, em Vonnas; e Michel Trois-Gros, em Roanne). Muito antes da tradição gastronômica, Lyon teve seu crescimento determinado pela produção da seda, que teve seu ápice no século 18. Assim, embora você encontre na cidade resquícios desde os celtas e romanos, as construções mais ricas datam desse período. Visitar o bairro de Presquîle é imprescindível antes de seguir para Nîmes, uma das cidades mais antigas da França

Nîmes
Há mais de 2000 anos, quando os romanos puseram as botas nessas terras, Nîmes já existia há um bom tempo, habitada por celtas. Os novos ocupantes construíram aqui grandes monumentos, muralhas e templos, sobretudo durante o império de Augusto. Não deixe de ver o anfiteatro da Place de Arénes e a Maison Carré. A Idade Média pode ser visitada no bairro de Ilôt Littré; o Renascimento, na deliciosa Place aux Herbes.

. Encerre o dia em Montpellier, cidade medieval famosa por sua velha universidade, fundada no século 14. À noite, vá à Place da Comédie, local dos cafés, bistrôs, bares e lojinhas.

Dia 2 Montpellier / Carcassone – 150 km
Aluguel de carro Montpellier / Carcassone - 150 km
Prepare-se para uma das mais belas surpresas desse roteiro, entre a Provence e os Pirineus: a chegada a Carcassone, cidade fechada por não apenas uma grande muralha, mas duas, uma compreendendo a outra, erguidas na Idade Média. Um grande castelo (do século 12), dezenas de torres e vielas estreitas, tudo aqui é medieval – até a entrada da cidade se dá por um ponte levadiça! Use a cidade como base nos próximos dois dias, mas, para não torrar todo seu orçamento aqui, procure um hotel fora da cidade murada, na chamada Ville de Carcassone, que tem boas opções com bons preços, como o Campanille e o Ibis Berriac. Carcassone é famosa também por seu cassoulet, prato que leva feijões brancos e carnes variadas, entre elas pato e linguiça de Toulouse (não à toa, os brasileiros o chamam de feijoada branca). Aproveite e se esbalde: afinal, você pode queimar as calorias circundando a cidade.

Dia 3 Carcassone / Perpignan / Carcassone – 300 km
Aluguel de carro Carcassone / Perpignan / Carcassone - 300 km
Próxima de Carcassone, a costa mediterrânea na fronteira com a Espanha é conhecida como Catalunha Francesa. São pequenos balneários que misturam praias agradáveis, comunidades pesqueiras, ruínas medievais e uma cultura que traz algo dos dois países. Comece ao sul, passando por Perpignan e descendo até Collioure, porto pesqueiro cujas muralhas foram erguidas pelos cavaleiros templários no século 13, e suba por praias como Port-Barcarès e Port-la-Nouvelle. O ideal é curtir mais uma noite em Carcassone (você irá concordar assim que pisar na cidade!). Outra opção para o dia é trocar as praias pela montanha e seguir na direção de Sète, cidade à beira do Mediterrâneo com um conjunto de belos (e alegres) sobrados coloridos em estilo italiano. Mais um passeio para o dia: visite Toulouse 

Toulouse
A quarta maior cidade da França tem uma vida cultural agitada e é bem provável que algum festival de teatro ou dança coincida com sua viagem. No meio do caminho entre o Atlântico, o Mediterrâneo e os Pirineus, Toulouse é também cheia de referências históricas. As principais remetem aos cátaros, discidentes da fé católica que tomaram conta do local por volta dos séculos 12 e 13. Os cátaros não aceitavam a mordomia que os dirigentes da igreja gozavam e foram reprimidos por cruzadas. Em Toulouse, você poderá ver encenações de tais cruzadas.

, a 100 quilômetros de Carcassone.

Dia 4 Carcassone / Pont du Gard / Avignon / Arle – 280 km
Aluguel de carro Carcassone / Pont du Gard / Avignon / Arle - 280 km
Deixe para trás as muralhas de Carcassone e volte na direção de Nîmes, para entrar nos territórios da Provence. Atravesse a Pont du Gard, um primor da engenharia romana construído há dois mil anos, e vá se acostumando com a paisagem provençal. Na primavera e no verão, os campos de lavanda colorem de azul o horizonte. As oliveiras proporcionam sombra o ano inteiro. As ervas aromáticas (como as famosas sete “ervas da Provence”: manjericão, alecrim, salva, manjerona, louro, segurelha e tomilho) perfumam o ar e os pratos típicos da região, que usam muitos peixes, frutos do mar, vegetais, azeite e influências gregas e árabes (ou seja, a síntese da cozinha mediterrânea). Avignon, fundada por celtas e enriquecida no período gótico, foi a sede do papado católico entre 1309 e 1377 – a quantidade de igrejas suntuosas desse período não tem igual no mundo 

Os sinos de Avignon
Sede da igreja católica durante a maior parte do século 14, Avignon possui jóias da arquitetura gótica e medieval como a Notre Dame des Doms, do século 12, o Palais des Papas, em estilo gótico, e as muralhas que protegiam a cidade. Atualmente, como centro universitário, é uma cidade cosmopolita, que recebe estudantes de todo o mundo, mas ainda mantém ecos do passado, como os sinos de todas as igrejas que soam à noite.

. Arles, entre o campo e o mar, é uma cidade amada pelos pintores de várias escolas – Van Gogh viveu aqui e foi internado numa casa que ainda existe, onde produziu algumas de suas pinturas mais famosas. À noite, jante num bistrô da Place du Forum, praça imortalizada na pintura Café Terrace à Noite, do mestre holandês.

Dia 5 Arles / Aix-en-Provence – 80 km
Aluguel de carro Arles / Aix-en-Provence - 80 km
Capital da Provence, Aix-en-Provence é a cidade das águas – o que diz muito do principal filho da terra, o pintor Paul Cézanne (1839-1906), que aqui passou toda a vida e tinha fascínio pela cor azul. Há na cidade um roteiro exclusivo de caminhada das rotas de Cézanne, indicado por placas no chão. Além do azul de suas águas e seus céus sempre claros (o clima é bastante ameno na região), Aix-en-Provence é também dourada de riqueza e no branco de suas estátuas. Explore os campos nos arredores da cidade. São lugares para pausar, pensar na vida, apreciar um bom vinho e esquecer do resto do mundo.

Dia 6 Aix-en-Provence / Marseille / St. Tropez – 160 km
Aluguel de carro Aix-en-Provence / Marseille / St. Tropez - 160 km
Aos poucos, você deixa para trás as flores e aromas da Provence para entrar nos luxuriantes cenários mediterrâneos da Côte d Azur. A fronteira dos dois mundos está em Marseille 

Atrações de Marseille
O bairro velho de Marseille chama-se Panier e você pode passear por ele seguindo uma linha vermelha pintada no chão, num trajeto sugerido pelo Office de Tourisme. A caminhada inclui atrações como o Place des Moulins, o pedaço mais romântico da cidade. Os gastrônomos se divertem: aqui se serve a tradicionalíssima bouillabaisse (sopa de peixe), em lugares como o Le Miramar (Quai do Port, 12). Outra dica: o Marche da Avenue du Prado (terças, quintas e sábados), ao ar livre, é tentador.

, maior porto da França e maior cidade litorânea do país. Se o seu negócio não é cidade grande, corra direto para St. Tropez. Mas, antes, prove a mais famosa peça culinária local: a bouillabaisse, uma sopa com frutos do mar e peixes ricamente temperada. Em St. Tropez, além das praias badaladas (a cidade é uma irmã caçula da espanhola Ibiza em termos de agitação e hedonismo), o bom é procurar pelos endereços gastronômicos. No centro velho, há um fabuloso mercado de peixes com negociantes de queijos e vinhos. Impossível não se deleitar com as delícias locais – como os queijos de cabra fartamente regados com azeite e ervas sobre o pão local, o michette, feito com óleo de oliva, tudo acompanhado de um gelado vinho rosé.

Dia 7 St. Tropez / Cannes – 80 km
Aluguel de carro St. Tropez / Cannes - 80 km
Cannes e St. Tropez dividem o mesmo passado de vila de pescadores e o presente de cidades freqüentadas por ricos e famosos do mundo todo. Mas, enquanto o traje oficial de St. Tropez é o biquini (ou o topless), Cannes é mais austera, mesmo no verão (no inverno, aliás, ela é bastante cinzenta e sem graça). A estação é aberta em maio, quando acontece o Festival de Cannes 

Festival de Cannes
O Festival International du Film teve sua primeira edição em 1946 e ganhou glamour a partir da década de 50, quando foi incensado pela musa Brigitte Bardot. Hoje mais comercial do que artístico, o festival enche de celebridades as ruas e praias locais – mas é meio difícil flagrá-las, já que muitos desses balneários são particulares. Também não é possível assistir aos filmes – as 350 salas de cinema só abrem para convidados. Limousines entopem os arredores da Avenida Croisette e os preços de qualquer coisa sobem assustadoramente. Portanto, se você quer curtir o verão de Cannes sem muita muvuca, evite o período do festival.

. Ao término do festival, os vestidos longos e saltos continuam a desfilar nos três chiques cassinos da cidade – o mais famoso e acessível deles é o Croisette. Esse é também o nome da principal avenida da cidade, com o Mediterrâneo de um lado e as grifes mais caras do mundo do outro, e é maravilhosa para um passeio no final da tarde. Difícil é resistir à tentação de entrar numa dessas lojinhas e desfalcar-se em muitos euros.

Dia 8 Cannes / Antibes / Nice / Monaco – 60 km
Aluguel de carro Cannes / Antibes / Nice / Monaco - 60 km
Estes serão os 60 quilômetros mais impressionantes da viagem. Ao longo do Mediterrâneo, desfilam algumas das praias mais sofisticadas do mundo – entre elas Cap D Antibes e Cap St. Jean de Cap Ferrat – até a chegada ao principado de Mônaco. No meio do caminho, Nice é a melhor parada. A cidade, cujas praias não servem para banho (são muito pedregosas), divide-se entre o Promenade des Anglais, passeio à beira-mar construído no século 19, e a colina Le Château, cheia de restaurantes, bares e monumentos históricos. Aqui também circulam as Ferraris dos vizinhos, mas com menos pompa. Já em Mônaco, um dos menores países do mundo (tem 1,95 km2 de área), a sofisticação está até no ar que se respira. As colinas e as curvas que abrigam o mais charmoso circuito de Fórmula 1 do mundo contam a história dos Grimaldi, que ascenderam há 700 anos, tomando o poder do reinado de Gênova. Paraíso fiscal com generosas isenções de impostos, Mônaco tem habitantes famosos como pilotos, modelos e milionários. Alguns procuram a mesma posição se arriscando nos cassinos do principado – o mais famoso deles é o de Monte Carlo, no distrito de mesmo nome. Outro reduto para torrar bem os seus euros é o Hôtel de Paris, cujo restaurante é dirigido por Alain Ducasse. Diexe o carro no grande estacionamento na parte alta da cidade e circule a pé.

Dia 9 Mônaco / Lyon – 500 km
Aluguel de carro Mônaco / Lyon - 500 km
Hora de encerrar o roteiro, seguindo as verdes estradas da região, com os Alpes sempre à sua direita. Na hora de fazer uma pausa, você pode escolher Grenoble, um dos maiores centros de turismo alpino do país e porta de entrada dos Alpes franceses. A cidade é enfeitada pelos picos e suas neves eternas, que enchem de turistas de inverno. E, com isso, poderá fechar uma viagem completa: montanha, campo, praia e… neve!

 

As melhores locadoras, carros de luxo, transfers e motoristas à sua disposição na Mobility.
Alugue agora o carro que mais combina com essa viagem no site www.mobility.com.br!
Deixe um comentário: