12 maio 2018

5 dicas para viajar de carro pelos EUA

Escolher viajar de carro pelos EUA é sinônimo de liberdade. Quem decide fazer isso também pode escolher quando e para onde ir. Desta forma, dá para aproveitar tudo que este país pode oferecer em relação a experiências, gastronomia, paisagens, pessoas, negócios, compras e tantas outras coisas que você goste ou possa te interessar, sem ficar preso a roteiros prontos de guias turísticos.

Escolher viajar de carro pelos EUA é sinônimo de liberdade. Quem decide fazer isso também pode escolher quando e para onde ir. Desta forma, dá para aproveitar tudo que este país pode oferecer em relação a experiências, gastronomia, paisagens, pessoas, negócios, compras e tantas outras coisas que você goste ou possa te interessar, sem ficar preso a roteiros prontos de guias turísticos.

As leis de trânsito nos EUA são bem diferentes das brasileiras, por isso é preciso ficar muito atento ao dirigir por lá, caso contrário você corre o risco de levar diversas multas e até de ser preso. Temos certeza que esta não é uma experiência que você deseja pra sua viagem. Para evitar problemas no país do Tio Sam, confira nossas 5 dicas:

1- Pedágio: na maioria dos estados há estradas com pedágios que não têm cabines. Para cobrar a taxa, existem câmeras que fotografam a placa do veículo e a cobrança vai direto para o endereço do dono. Como você estará com um carro alugado, contrate um sistema de liberação sem parar, assim você deixa a viagem mais tranquila e evita multas.

2- Abastecer: no Brasil, na maioria das vezes, sabemos onde há um posto de combustível, mas nem sempre é assim em outros países. Por isso, é muito importante que você estabeleça uma rotina para evitar o tanque vazio. Outro ponto que deve estar atento é que lá você será o responsável pelo abastecimento. Funciona assim: você vai até a loja de conveniência do posto, paga o valor que deseja abastecer e volta para a bomba. O valor é liberado e você mesmo manuseia a bomba, que para automaticamente. Não tenha receio, é tudo muito simples e fácil!

3- Pare: nos EUA, a placa de Pare (Stop) significa que é realmente para parar (no Brasil também é, mas a gente sabe que muitas vezes não é isso que acontece). Então, obedeça quando avistar uma dessas numa avenida, pois a chance de voltar pra casa com multa é grande. Outro ponto é que lá os pedestres SEMPRE têm razão, então mesmo que o sinal esteja verde, você terá que aguardar pacientemente todos atravessarem.

4- Carros: se você é adepto dos carros esportivos, poderá ficar um pouco decepcionado, porque nos EUA a maioria absoluta dos carros são automáticos. Para facilitar sua viagem, seguem algumas dicas sobre o câmbio: deixe em P (parking) para desligar, em D (drive) para dirigir, em R (reverse) para engatar a ré e N (neutro) para deixar o veículo parado num semáforo.

5- Aluguel: esta é uma das etapas mais importantes pra ter uma viagem tranquila, por isso é preciso estar atento a todos os detalhes do contrato de locação e, se possível, pegar o carro mais completo e com todos os serviços que vai precisar. Há algumas regras que devem ser seguidas, como: só quem tem mais de 21 anos pode assinar o contrato de locação e quem tem menos de 25 anos paga uma taxa extra; o pagamento, geralmente, é realizado em cartão de crédito internacional. E se você quiser saber um pouco mais sobre como alugar um carro, pode perguntar pra gente. Afinal, essa é a nossa especialidade!

Compartilhe com seus Clientes
Abrir Whatsapp
Precisa de Ajuda?
Fale agora com um dos nossos consultores.