15 janeiro 2018

É possível alugar uma Ferrari?

Ferrari, Mustang, Jaguar, Porsche… Atire a primeira pedra aquele que nunca sonhou em estar à frente do volante de uma dessas máquinas maravilhosas. 

Se este sonho não cabe no seu bolso, ainda assim há uma maneira de realiza-lo. Que tal alugar um carro desses por algumas horas e guardar a sensação de dirigi-lo pela vida inteira? Além, é claro, de poder tirar onda com os amigos!

No exterior, a locação de automóveis de luxo já é um mercado consolidado há um bom tempo, com várias opções de modelos para os clientes, mas no Brasil somente há pouco tempo a modalidade começou a engrenar. Existem no país 23.000 veículos da categoria disponíveis para aluguel, e a cidade de São Paulo concentra 26% dessa frota. Dirigir por aqui uma Ferrari 360 Modena custa, em média, R$ 1.600,00 a hora – aliás, os valores cobrados são por hora e não por diária.

Confira algumas dicas para alugar um carro de luxo:

O que eu preciso para alugar um carro esportivo?

• Ter 21 anos completos;
• Apresentar carteira de habilitação (CNH) original e válida, expedida há no mínimo 2 anos;
• RG e CPF originais (estrangeiro: passaporte original);
• Portar cartão de crédito de sua titularidade, dentro da validade, com limite disponível para débito da caução (os valores variam por locadora de carro, por categoria de veículo, pelo período da locação do automóvel e, em alguns casos, pelo tipo de proteção contratada);
• Não pode ter restrição financeira no CPF;
• Algumas empresas pedem que o cliente porte um comprovante de endereço original.

O que você terá direito ao fazer a locação?

A locação pode ser por hora ou por quilometragem, com seguro parcial do veículo (há cobrança de franquia);
Motorista ou acompanhante: dependendo da empresa, ela disponibiliza um acompanhante para auxiliar na direção da máquina que, por exemplo, pode fazer de 0 a 100 km em 4 segundos;

Taxas e impostos

Normalmente, a cobrança de taxas e impostos é acrescida aos valores das tarifas, e quando for o caso, também nos opcionais; esses valores ficam entre 5% e 10,9%, e são arrecadados pelas locadoras.

Seguro

As locadoras oferecem o serviço de seguro incluso no contrato. Há, no entanto, uma contrapartida. Geralmente, os seguros não cobrem a utilização exagerada ou excessivamente arriscada do veículo (como correr demais, fazer manobras fora do comum, fugir do trajeto previsto etc.) e, para os carros de luxo, muitas empresas exigem que um funcionário acompanhe o locatário durante todo o percurso. Vale lembrar que estamos falando aqui de carros que custam, em média, R$ 250 mil.

Compartilhe com seus Clientes
Abrir Whatsapp
Precisa de Ajuda?
Fale agora com um dos nossos consultores.